Português Italian English Spanish

Três homens são presos com gado roubado do prefeito de Nossa Senhora do Livramento (MT)

Três homens são presos com gado roubado do prefeito de Nossa Senhora do Livramento (MT)

Segundo a Polícia Civil, o roubo ocorreu no dia 25 de julho. O gado pertence ao prefeito da cidade, que estava no local no momento do crime.

Por G1 MT

Três homens foram presos com gado roubado de prefeito em Nossa Senhora do Livramento (MT) — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria

Três homens foram presos com gado roubado de prefeito em Nossa Senhora do Livramento (MT) — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria

Dezesseis cabeças de gado roubados de uma fazenda no município de Nossa Senhora do Livramento, a 42 km de Cuiabá, na noite de terça-feira (30), foram recuperadas em um sítio localizado na zona rural do mesmo município.

Segundo a Polícia Civil, o roubo ocorreu no dia 25 de julho. O gado pertence ao prefeito da cidade, que estava no local no momento do crime. O prefeito também teve R$ 2 mil levados pelos ladrões.

No sítio onde os animais foram levados, a polícia prendeu o dono da propriedade, de 51 anos e o filho dele de 31. Um terceiro suspeito, de 40 anos, também foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Ele tinha saído do sítio com 5 animais na carroceria de um veículo quando foi abordado pela PRF, totalizando assim 21 cabeças de gado recuperadas pelas duas instituições.

No sítio em Nossa Senhora do Livramento foram encontrados 12 bois de 24 e 36 meses, 1 bezerro de 4 a 12 meses e 1 bezerra de 4 meses, após checagem de uma informação sobre o esconderijo dos animais.

 

Três homens foram presos com gado roubado de prefeito em Nossa Senhora do Livramento (MT) — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria

Três homens foram presos com gado roubado de prefeito em Nossa Senhora do Livramento (MT) — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria

Além do gado, foram também apreendidos R$ 3.390,00, uma espingarda calibre 32, três cartuchos de calibre 32, sendo 2 intactos e 1 deflagrado, um trator, e uma nota fiscal referente à venda de 30 novilhas.

A Polícia Civil apurava informações sobre um dos possíveis autores do roubo, quando obteve informações do transporte do gado, e acionou apoio da PRF, que no trajeto abordou um veículo com 5 animais e conduziu o motorista a Central de Flagrantes.

Os policiais civis foram até o sítio e localizaram parte do gado roubado em 25 de julho da propriedade rural.

No assalto, o caseiro foi rendido por ladrões que chegaram pedindo água para colocar no veículo deles que estava aquecido.

Quando a vítima se aproximou com o galão de água, foi rendida pelos criminosos e amarrada em um quarto no interior da casa, sendo vigiada o tempo todo pelos assaltantes, que se revezavam e fumavam cigarro de maconha.