Português Italian English Spanish

Deputado defende auditoria para identificar supersalários de servidores na ALMT

Deputado defende auditoria para identificar supersalários de servidores na ALMT

Por G1 MT

Dr. Eugênio (PSB), deputado estadual â?? Foto: TVCA/Reprodução

Dr. Eugênio (PSB), deputado estadual — Foto: TVCA/Reprodução

 

O deputado estadual José Eugênio de Paiva (PSB), o Dr. Eugênio, defendeu a contratação de uma auditoria interna para analisar a situação de cada servidor da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) e identificar possíveis supersalários. O parlamentar foi entrevistado no quadro Papo das 6h, do Bom Dia MT, nesta quarta-feira (12).

“Vai ser feita uma auditoria interna que vai mostrar onde é que se pode cortar na carne. É isso que a Mesa Diretora e todos nós vamos verificar para poder cortar o que extrapola os limites”, declarou.

Para o parlamentar, a auditoria deve apontar os rumos a serem tomados para garantir a economia aos cofres públicos e chegar em um acordo com o funcionalismo do Legislativo.

Conforme o presidente, a média salarial dos servidores da Assembleia Legislativa é de R$ 12 mil para uma carga horário de 6h ao dia.

O primeiro-secretário, deputado Maxi Russi (PSB), é o responsável pelo levantamento que, segundo o presidente Eduardo Botelho (DEM), vai combater abusos praticados na ALMT.

O deputado criticou a progressão de carreira da ALMT e afirmou que o tema também precisa ser revisto.

“São poucas carreiras em Mato Grosso e no Brasil em que você atinge, em tão pouco tempo, o limite estabelecido. Em um ano, você faz um ou dois cursos, que podem ser online, e já acrescenta na progressão de carreira.