Português Italian English Spanish

Secretária de Educação deixa cargo no dia 30 e adjunto assume

Secretária de Educação deixa cargo no dia 30 e adjunto assume


Marioneide Kliemaschewsk permenece até o dia 30 deste mês; Alan Porto passa a ser novo secretário

Tchélo Figueiredo/Secom-MT

Marioneide Kliemaschewsk, que vai se desligar da Secretaria de Educação após quase dois anos

DA REDAÇÃO MIDIA NEWS

A secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, se desligará da pasta, a qual conduziu por 1 ano e 10 meses, no próximo dia 30 de outubro. O secretário adjunto-executivo, Alan Porto, assumirá o comando da secretaria. 

 

Marioneide Kliemaschewsk afirmou que conduzir os rumos da educação pública em Mato Grosso foi um desafio que exigiu mais do que podia imaginar, mas também foi uma grata missão para quem, como ela, vive e acredita que a educação é o único meio de transformação de vidas.

 

“Deixarei a Pasta para iniciar novos desafios, mas estou saindo com o sentimento de que dei o melhor de mim enquanto gestora pública da área de educação, observando os princípios administrativos e pedagógicos que permeiam a educação pública em nosso país”. 

 

A secretária afirmou ainda que conclui suas atividades agradecida a todos os profissionais com os quais pôde atuar, tanto na sede da Secretaria como em todas as unidades escolares, assessorias pedagógicas e centros de formação e atualização dos profissionais da educação. 

 

“Agradeço especialmente ao governador Mauro Mendes, ao vice-governador Otaviano Pivetta e toda a equipe de governo pela confiança e pelo apoio nesse período, desejando que sigamos avançando em projetos que tragam desenvolvimento para a sociedade”, afirmou.

 

Novo secretário

 

Alan Porto está na Secretaria de Educação desde o ano de 2017. Ele é engenheiro civil de formação já foi secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, de Cuiabá, durante a Gestão Mauro Mendes, e na Seduc já exerceu a função de secretário adjunto de Obras e desde janeiro de 2019 é o secretário Executivo da pasta. 

 

O futuro secretário teve participação no trabalho de equilibrar as contas da Secretaria e também nos projetos de modernização das unidades escolares.

 

“Recebi o convite do governador Mauro Mendes e do vice-governador Otaviano Pivetta, com a responsabilidade de aplicar no estado as melhores práticas pedagógicas existentes no país para modernizar a educação e a qualidade do ensino. Oferecendo as melhores ferramentas, capacitação e formação aos profissionais da educação, para que os alunos possam melhorar seu desempenho e, consequentemente, o ensino aprendizagem”, afirmou.