Português (Brasil)

Sargento é preso e outros 3 policiais são alvos de operação por assassinatos

Sargento é preso e outros 3 policiais são alvos de operação por assassinatos

Casas de policiais estavam na lista dos mandados de busca e apreensão

Sargento é preso e outros 3 policiais são alvos de operação por assassinatos

Foto: PJC-MT

Denise Soares

Operação Letífero prendeu um sargento da Polícia Militar que teria cometido cinco assassinatos em Mato Grosso. A ação, realizada nesta quarta-feira (26), também teve como alvo outros três policiais militares que são investigados por envolvimento nos crimes.
 
A polícia cumpriu 15 mandados de busca e apreensão cidades de Rondonópolis, Pontes e Lacerda e Nova Lacerda.
 
Em nota, a Corregedoria-Geral da Polícia Militar informou que a instituição acompanhou o cumprimento de prisão temporária e busca e apreensão contra o sargento, lotado na Companhia Ambiental de Rondonópolis.
 
O militar ficará custodiado em uma unidade da PM. O policial militar já trabalhou na região da fronteira.
 
Foram cumpridos mandados de busca e apreensão na residência de mais três policiais militares; dois deles, lotados no 5º Batalhão e o outro que presta serviço na Coordenadoria do Tribunal de Justiça de Rondonópolis.
 
A PM informa que será instaurado o devido processo administrativo disciplinar para apurar a conduta dos policiais militares.
 
A delegada Bruna Caroline Laet, responsável pela operação, explica que os homicídios ocorreram em Pontes e Lacerda, entre dezembro de 2019 e março de 2021. Os exames de balística comprovaram que os disparos efetuados nas cinco vítimas saíram da mesma arma de calibre 9mm.
 
A princípio, esses crimes ocorreram mediante pagamento, mas a Polícia Civil segue com as investigações para chegar ao possível ou possíveis mandantes. Letífero significa o que acarreta a morte, letal.