Português (Brasil)

Idoso de 74 anos troca tiros com a PM e morre no interior de MT

Idoso de 74 anos troca tiros com a PM e morre no interior de MT

O homem resistiu a abordagem dos policiais; ferido, ele foi levado ao hospital e acabou falecendo

Arquivo

Equipes da Polícia Militar de Mirassol D´Oeste, Cáceres e São José dos Quatro Marcos foram acionadas para conter o idoso

VITOR HUGO BATISTA
DA REDAÇÃO MIDIA NEWS

Um homem de 74 anos morreu na noite desta quarta-feira (4) após trocar tiros com três equipes da Polícia Militar em Mirassol D'Oeste. Ele reagiu à abordagem e foi atingido por diversos disparos. 

 

Uma denúncia relatava que o suspeito estaria efetuando disparos com arma de fogo no meio da rua. Os policiais se deslocaram até o endereço e, conforme o boletim de ocorrência, o encontraram sentado em frente de sua residência segurando uma arma. 

 

A equipe da PM pediu para que o idoso colocasse a arma no chão e as mãos na cabeça, mas ele não se rendeu. Os policiais tentaram convencê-lo por diversas vezes e não obtiveram êxito. 

 

O idoso, então, teria apontado a arma na direção da equipe policial, que reagiu. O homem correu para dentro da residência gritando: “Não vou obedecer nenhuma ordem policial. Ninguém vai entrar na minha casa. Se entrar, vai tomar tiro”. 

 

A casa foi cercada e foi solicitado reforço dos agentes da PM de São José dos Quatro Marcos e Cáceres. 

 

Uma nova tentativa de negociação foi feita, mas negada mais uma vez. 

 

Diante da negativa, as equipes jogaram gás lacrimogêneo no interior da casa para imobilizar o idoso. Neste momento, ele teria feito disparos pela janela de um dos cômodos.

 

Os policiais tentaram se aproximar da residência com escudos balísticos, mas outros dois disparos foram feitos na direção das equipes. O homem disse que não sairia vivo de casa e que ninguém entraria. 

 

Os policiais arrombaram a porta da residência e diversos disparos foram feitos pelo suspeito. Houve uma troca de tiros e o idoso foi atingido.

 

Ele recebeu atendimento da equipe médica no local e depois foi encaminhado para o Hospital Municipal Samuel Greve, em Mirassol. Porém não resistiu aos ferimentos e morreu.