Português Italian English Spanish

Sema apura chá revelação que 'tingiu' cachoeira em Tangará da Serra (MT)

Sema apura chá revelação que 'tingiu' cachoeira em Tangará da Serra (MT)


Evento ocorreu em propriedade privada. Responsável pela festa informou que não foi usado produto químico, mas que só iria se manifestar depois da fiscalização da secretaria.

Por Mariana Mouro, g1 MT

A Secretaria de Estado de Maio Ambiente de Mato Grosso (Sema-MT) está apurando um chá revelação que "tingiu" uma cachoeira de azul para anunciar o sexo do bebê em Mato Grosso. O objetivo da fiscalização da secretaria é verificar se houve dano ambiental referente ao material lançado na água.

O evento teria sido realizado nesse domingo (25), em uma propriedade particular cortada pelo Rio Queima Pé, em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente também acompanham o caso.

Casal tinge cachoeira para anunciar sexo de bebê em MT.  — Foto: Reprodução

Casal tinge cachoeira para anunciar sexo de bebê em MT. — Foto: Reprodução

Em vídeos postados nas redes sociais dos participantes da festa - que foram apagados posteriormente -, é possível ver o momento em que a água da cachoeira muda de cor e fica azul, enquanto um casal e as pessoas que estão em volta comemoram.

g1 entrou em contato com um dos responsáveis pelo chá revelação, Anderson Reis, que informou que nenhum produto químico foi usado, mas que só se manifestaria sobre a situação depois que a Sema fiscalizasse a cachoeira.

Casal tinge cachoeira para anunciar sexo de bebê.  — Foto: Reprodução

Casal tinge cachoeira para anunciar sexo de bebê. — Foto: Reprodução

Em nota, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema-MT) informou que vai notificar os proprietários do local para descobrir quais foram os produtos usados para tingir a cachoeira e se há dano ambiental. Veja a nota completa ao final da reportagem.

 

O município, também em nota, informou que esteve no local da do chá revelação e que está processando as informações para esclarecimentos. Veja a nota completa ao final da reportagem.

Nota enviada pela Secretaria do Estado de Meio Ambiente:

A Sema-MT irá notificar os proprietários da área para que eles informem quem foram os responsáveis e irá apurar se houve dano ambiental, dependendo do material lançado na água. Uma equipe composta por dois servidores da Sema-MT e quatro servidores da Secretaria do Município de Tangará da Serra estão no local e adjacências apurando a denúncia.

Nota enviada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, de Tangará da Serra:

As equipes de Fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente em conjunto com a fiscalização da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA) estiveram no local da ação e estão processando todas as informações que foram coletadas, tanto com as partes envolvidas quanto dos dados ambientais.

Equipes da Sema-MT e da Prefeitura de Tangará da Serra estiveram no local do chá revelação. — Foto: Sema-MT/Cedida

Equipes da Sema-MT e da Prefeitura de Tangará da Serra estiveram no local do chá revelação. — Foto: Sema-MT/Cedida