Português Italian English Spanish

Dentista é acusada de emitir mais de 40 certificados falsos

Dentista é acusada de emitir mais de 40 certificados falsos


Além do processo administrativo, Conselho encaminhou documentos ao Ministério Público Estadual

Até o momento, o CRO-MT identificou 40 certificados falso

DA REDAÇÃO / MIDIA NEWS

O Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT) autuou e abriu processo administrativo contra uma cirurgiã-dentista em Rondonópolis que se passava pela professora responsável de uma faculdade do Município e assinava os certificados do curso de Auxiliar em Saúde Bucal (ASB). A instituição de ensino, no entanto, foi extinta em 2015. 

 

O curso de Auxiliar em Saúde Bucal tem uma carga mínima obrigatória de 300 horas, sendo 200 horas teóricas e 100 horas práticas.

A investigação começou concomitantemente com uma denúncia anônima ao CRO-MT e também pelo fato de algumas destas pessoas com falsos certificados procurarem a autarquia para darem entrada na inscrição do Conselho. 

 

Até o momento, o CRO-MT identificou 40 certificados falsos assinados pela cirurgiã dentista, identificada pelas iniciais L. A. L..

Além do processo administrativo contra a profissional, o Conselho encaminhou todos os documentos ao Ministério Público Estadual, que também poderá instaurar inquérito criminal. 

 

De acordo com a assessoria jurídica do Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso, dentre as sanções que a cirurgiã-dentista poderá passar, estão a suspensão ou até mesmo a cassação do seu exercício profissional.