Português Italian English Spanish

Embaixador afirma que Eduardo fez "insulto maléfico" à China

Embaixador afirma que Eduardo fez "insulto maléfico" à China


Filho do presidente afirmado que país asiático estaria por trás da contaminação do coronavírus

Arquivo/MidiaNews

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que é filho do presidente Jair Bolsonaro

DA FOLHAPRESS

O embaixador da China no Brasil, Yang Wanming fez duras críticas ao deputado federal Eduardo Bolsonaro, que também é filho do presidente Jair Bolsonaro.


"As suas palavras são um insulto maléfico contra a China e o povo chinês. Tal atitude flagrante anti-China não condiz com o seu estatuto como deputado federal, nem a sua qualidade como uma figura pública especial", escreveu ele.


A conta oficial da embaixada chinesa reproduziu as mensagens do embaixador.


Eduardo Bolsonaro havia usado seus perfis em redes sociais para acusar a China de estar por trás da pandemia do coronavírus.


"Como o Partido Comunista chinês, que comanda a China, se valeu de um regime onde não há liberdade de imprensa [...] para impor ao mundo uma pandemia – de novo!", escreveu ele num post no Instagram.